quarta-feira, 21 de março de 2007

Era uma vez na academia...

Para ler e ouvir

Lembrei de alguns fatos recortados... vou contar a vocês.

Certa vez a academia, este personagem que muitas vezes julga-se maior, estava discutindo a traição. O motivo? Uma foto do Chico Buarque com uma mulher casada nas praias do Rio de Janeiro. Pois é, parece que ele foi pego olhando as saias de quem vive pelas praias, coloridas pelo sol.

Sem mais delongas, o diálogo começava assim:

- Eu adoraria trair meu marido com o Chico Buarque.hahahaha! Disse uma das alunas. Claro, sem deixar de mostrar um tranqüilo sorriso de admiração e aquele brilho nos olhos de fã (aqueles que vêem as vitrines da galeria, sabe?).

- Seria maravilhoso, né? Acho que até o marido deveria se sentir lisonjeado pelo homem que foi trocado... Dizia a professora, com fiel afirmação de conhecedora da obra do cantor-compositor. Não achas? Voltou-se pra mim...(Pausa)

Pergunta afiada - até certo ponto constrangedora - mas crucial para mim, já que a platéia esperava uma resposta de um dos poucos representantes do sexo masculino na turma.

- Olha... Tu queres que eu diga o que eu acho mesmo ou que eu minta? (em “pratos limpos”, como gosto de fazer).

- Pode falar...

- Então... Acho o seguinte: se fosse minha mulher, não gostaria que me traísse com homem nenhum, mesmo o Chico Buarque. Não acredito nessas coisas “mitológicas” que vocês acham dele...

- Então tá, machão! Respondeu ela. Riso geral, inclusive meu.

- Não é isso... É que se pressupõe que eu goste de um jeito diferente da mulher que está comigo, não é? Supõe-se que goste mais dela do que a admiração que tenho pela obra do Chico Buarque, certo?

Silêncio...

Eu, na realidade, não saberia o que fazer numa situação como essa. Provavelmente acabaria ouvindo um bom conselho e acharia um abrigo no peito do meu traidor. Mas isso faz parte do show deles.

Fabrício Mattos

4 comentários:

Ana Paula disse...

rs...
MAs o Chico é o CHICO!!!

fsdemattos disse...

não não... acho q o chico pode ser o milton, o caetano ou o gil disfarçado...

Anônimo disse...

O Chico é só um homem, sua fama transforma a imagem em mito. Ele n tem é melhor ou diferente do que nós mortais. É um ser humano, com talento indiscutível para a música e afins, assim como existem muitos outros.
Achei interessante como costurou o texto, fazendo referências escritas aos nomes de músicas.

Fabíola

Anônimo disse...

porra, será q é só comigo que aparecem uns códigos estranhos no lugar das palavras???
Alan AraguaiaCSC:\Windows\WLM.txt